Veja como alinhar a sua governança de TI às estratégias de negócios

A governança de TI é um conjunto de boas práticas, padrões e processos estruturados que visam assegurar a ligação entre o plano de negócios e o setor de tecnologia da informação. O seu objetivo sempre será garantir que a TI seja utilizada como uma ferramenta para a geração de valor em uma organização.

Portanto, para ser eficiente, a governança de TI precisa estar alinhada com as estratégias de negócio, afinal, seu propósito é justamente intermediar as conexões e relacionamentos entre a alta administração e a TI.

Neste artigo, explicaremos a importância do alinhamento da governança de TI com as estratégias do negócio, como isso pode ser feito e quais são os resultados positivos que partem dessa ligação. Boa leitura!

Qual o papel da governança de TI para o sucesso do negócio?

A tecnologia da informação é cada vez mais importante para a geração de valor em praticamente todos os tipos de negócios. Softwares como ERPs e CRMs agilizam processos e potencializam a geração de valor dramaticamente e hoje são a espinha dorsal do operacional de muitas organizações.

Ao mesmo tempo, ferramentas como o Business Intelligence e o Big Data já estão sendo utilizadas para gerar vantagens competitivas e permitir que gestores enxerguem melhor seu público, mercado e utilizem dados para o processo de tomada de decisões.

Só que para garantir o bom funcionamento de toda essa infraestrutura tecnológica, é fundamental que o suporte do setor de Tecnologia da Informação. E nem sempre o relacionamento dessa área com outros departamentos de uma empresa é harmônico e transparente.

Muitas vezes, o time de TI não tem uma compreensão clara da estratégia do negócio e, por outro lado, a alta administração desconhece o potencial real do seu setor de tecnologia, que é uma área extremamente técnica e complexa.

A governança de TI surge justamente para estabelecer essa ligação entre esses polos e garantir um sistema em que todos estejam na mesma página. Isso é feito com o estruturamento de processos, transparência e a adoção de boas práticas de trabalho.

Quando uma empresa conta com uma governança de TI eficaz, o seu time de tecnologia compreende melhor quais são as diretrizes estratégicas do negócio e sua proposta de valor. Isso é fundamental para que o trabalho dele esteja na mesma direção que todo operacional e as múltiplas áreas da empresa trabalhem juntas em um único propósito.

Além disso, a governança de TI facilita a administração da empresa, já que não é mais preciso um perfil técnico para gerenciar e monitorar a performance do time de TI. Com as técnicas de relacionamento e organização implementadas por uma boa governança, é possível compreender melhor o que a TI é capaz de fazer para potencializar a geração de valor da empresa e como isso é realizado na prática.

Como alinhar a TI às estratégias do negócio?

O propósito da governança de TI é justamente alinhar o time de tecnologia com as estratégias do negócio. Hoje, boa parte das empresas com uma boa governança utilizam dois frameworks para isso, o COBIT e o ITIL.

Criado em 1996 pela Information Systems Audit and Control Association (ISACA), uma associação internacional voltada para o desenvolvimento de metodologias de controle de TI, o COBIT (Control Objectives for Information and Related Technologies) é um conjunto de boas práticas para a governança de TI.

O objetivo do COBIT é fazer com que metas comerciais sejam vinculadas a objetivos de TI e para isso ele descreve 34 processos nas áreas de planejamento, construção, execução e monitoramento.

Apesar de voltado para a TI, o COBIT não é um método que exige um pré-requisito técnico para ser compreendido. Seu mérito é justamente ser capaz de encontrar uma linguagem e processos que possam ser compartilhados pelo time de TI e a alta administração do negócio.

Sua versão mais atual é o COBIT 5, de 2012, que já faz integração com outros frameworks reconhecidos, como o ITIL.

Se o COBIT é voltado para o que deve ser feito na governança de TI, o ITIL descreve melhor como isso será realizado.

O ITIL (Information Technology Infrastructure Library) é uma biblioteca de boas práticas dividida em cinco volumes que foi elaborada por um órgão governamental do Reino Unido. Hoje, ela é uma das principais referências para a implementação, gerenciamento e operação de serviços e infraestrutura de tecnologia.

Atualmente em sua versão 2011, o ITIL é um conteúdo bem denso, mas assim como o COBIT, ele consegue ser compreendido facilmente por quem não tem conhecimento técnico e estabelece normas, métodos e processos que facilitam a integração da área de TI com a estratégia de negócios da empresa.

Quais os principais benefícios da governança de TI para a empresa?

A governança de TI é o sistema que vai permitir que o setor de tecnologia se torne uma parte integral da organização, e não um time isolado da visão de negócios que orienta todo o restante da empresa.

A principal vantagem em adotar uma governança de TI eficiente é que com ela a alta administração será capaz de utilizar o pleno potencial dos recursos tecnológicos da organização para potencializar a sua geração de valor.

Com a integração da TI com a área de negócios, a empresa agiliza seus processos e acelera a inovação, conquistando vantagens competitivas e se adaptando às tendências de tecnologia com mais eficácia.

Para o time de TI, a governança é uma estrutura de boas práticas muito bem vinda que vai facilitar a execução das suas responsabilidades e potencializar seus resultados finais. Os frameworks como o COBIT e o ITIL simplificam a gestão técnica do setor e aumentam a produtividade.

Além disso, quando a equipe de TI trabalha com mais transparência, o seu valor é melhor reconhecido pelos demais setores, já que mesmo que não tem um perfil técnico consegue enxergar o papel essencial da tecnologia na proposta de valor geral da empresa.

Em uma época em que a inovação e a tecnologia são fundamentais para os resultados de quase qualquer tipo de negócio, é importante que as empresas deixem de enxergar a área de TI apenas como um suporte isolado do restante da empresa. Ela precisa ser abraçada pela gestão e utilizada de forma efetiva para maximizar o desempenho do negócio.

E agora que você já sabe qual a importância da governança de TI e porque ela deve estar alinhada com a estratégia de negócios de uma empresa, que tal acompanhar nosso LinkedIn e curtir nosso Facebook para ficar por dentro dos melhores conteúdos e temas sobre gestão de TI? Esperamos você!

1 Response

  1. há algum modelo de exemplo entre integração de algum processo de negocio, junto com cobit e itil, que vc possa disponibilizar para fins didáticos?

Leave a comment